REGULAMENTO CAMPEONATO KARTARUGAS DE RENTAL KART 

O presente regulamento está baseado em princípios de igualdade de direitos e obrigações, e esses princípios devem ser aplicados a todos os pilotos e eles são superiores a eventuais interpretações pessoais dos artigos nele registrados.

HISTORIA E OBJETIVO DO CAMPEONATO:

Kartarugas Race Team é uma equipe de esportes amadora dedicada ao rental kart.

Fundada em 28 de Fevereiro de 2015, a equipe organiza campeonatos de Rental Kart, com foco na diversão e interação entre os participantes.

Interessados podem participar do campeonato, uma vez que o Kartarugas não é um grupo fechado.

Artigo 1 – PARTICIPAÇÃO E FORMATO DO CAMPEONATO

 

1.1- Poderão participar do CAMPEONATO KARTARUGAS DE RENTAL KART pilotos de ambos os sexos e menores de idade (mediante aprovação, presença do responsável e assinatura do termo de responsabilidade, de acordo com as normas estabelecidas pelos kartódromos).

 

1.2 – A participação do piloto será de forma individual, exceto nas provas de Endurance (Duplas ou mais pilotos).

 

1.3 - Para participar do campeonato e efetivar a inscrição, o piloto deverá entrar em contato com a organização através do site kartarugasraceteam.wixsite.com/kart-pt, email: anderlima7777@gmail.com, Whats App nº (11) 99592-5734 (Com Anderson Prachesqui), ou mídias sociais como Facebook e Instagram.

Artigo 2 – TAXA DE INSCRIÇÃO E TARIFAS:

 

2.1 - O valor da taxa de inscrição é de R$ 50,00 para cada Temporada. Será cobrado uma taxa adicional de R$ 10,00 a cada corrida corrida (sem transmissão). Para corridas com transmissão será solicitado valor adicional, em torno de R$ 10,00.

O pagamento da taxa de inscrição do Campeonato Kartarugas deverá ser efetuado até a data da segunda corrida da Temporada, sujeito a penalizações descritas neste regulamento (Vide Artigo 9).

 

2.2 - Caso haja desistência do piloto após o pagamento da inscrição, o valor não será devolvido.

 

2.3 - Ficará isento da taxa de inscrição (somente a taxa de inscrição) o piloto que tiver interesse em correr eventualmente, tendo sua participação como CONVIDADO. O piloto na condição de CONVIDADO não terá direito a pontuação e premiação. Nas etapas com grid invertido os convidados deverão largar nas ultimas posições (Vide Artigo 7).

O CONVIDADO fica sujeito a disponibilidade de vagas para participar das etapas.

 

2.4 - As corridas serão realizadas preferencialmente nos Kartódromos da Granja Viana (Cotia-SP),  Interlagos (São Paulo-SP), e San Marino (Paulinia-SP). Consulte o calendário no site do Campeonato.

 

2.5 – As tarifas dos kartódromos para locação dos karts a cada etapa serão entre R$ 110,00 e R$ 130,00 aproximadamente, para baterias de 25 minutos.

Obs: Valores sujeitos a alteração de acordo com a política de preços e reajustes dos Kartódromos.

Está incluso no valor da tarifa, taxa da organização, o aluguel dos karts, combustível, organização da prova, equipamentos de segurança, e premiações (vide artigo 12).

O aluguel do macacão não está incluso em todos os kartódromos, mas caso o piloto tenha interesse, deverá incluir o valor na tarifa (aproximadamente R$ 10,00 salvo reajustes). Lembrando que o macacão não é um item de utilização obrigatória, sendo necessário camisa de manga longa, calça comprida (proibido bermuda) e calçado fechado.

 

2.6 – O valor da tarifa para participação nas corridas será solicitado aos pilotos a cada etapa, com antecedência de 10 (dez) dias, para garantir a reserva e o uso exclusivo da pista para a equipe. O pagamento deverá ser efetuado somente via deposito bancário na conta do administrador. Nenhuma outra forma de pagamento será aceita. Os valores, prazo de pagamento e dados bancários para deposito, serão previamente informados aos pilotos.

 

2.7 - Caso não seja possível a participação dos pilotos em alguma das etapas e o mesmo já tenha efetuado o pagamento da corrida, o valor NÃO será devolvido, porem o piloto poderá utilizar o valor pago como crédito para as corridas seguintes do campeonato vigente, desde que a corrida na qual o piloto se ausentou tenha um número igual ou superior a 16 pilotos. O crédito não terá valor cumulativo para o ano seguinte. 

 

2.8 - Para a reserva da pista e exclusividade de uso da equipe, cada etapa deverá conter a quantidade mínima de 15 pilotos, de acordo com as normas dos kartódromos. Caso a quantidade mínima não seja atingida, não haverá garantia de exclusividade de uso da pista para o grupo.

 

Artigo 3 – PROVAS

 

3.1 – O Campeonato será dividido em duas Temporadas anuais. Cada Temporada será composta por 06 corridas (uma corrida por mês). As Temporadas se iniciam no Primeiro e Segundo Semestre de cada ano. Cada prova terá duração aproximada de 25 minutos, exceto as provas de Endurance.

 

3.2 – Ao final de cada Temporada será entregue a premiação aos pilotos (Vide Artigo 12).

Artigo 4 - LASTRO 

 

4.1 – Haverá uso de lastro mínimo obrigatório de 90 kgs para todos os pilotos.

 

4.2 – Será permitido uso de lastro próprio desde que comunicado com antecedência a organização.

 

4.3 – A falta de lastro implicará na desclassificação do piloto nas provas individuais. Para efeito de pesagem, as casas decimais serão desconsideradas. Ex: Se o piloto estiver com peso de 89,99 kgs, será considerado como 89 kgs, o que desclassifica o piloto.

 

4.4 – Os lastros serão conferidos pela organização do Campeonato.

 

4.5 – É de total e inteira responsabilidade do piloto a conferencia do lastro no kart. Em caso de divergência, o piloto deverá solicitar a direção de prova do kartódromo a correção imediata antes da entrada na pista. O piloto também é responsável por conferir os registros de pesagem realizados pela organização do campeonato. Qualquer divergência deve ser comunicada imediatamente, no ato da pesagem. Contestações posteriores não serão aceitas.

Artigo 5 – PISTA

 

5.1 - O piloto deve informar ao diretor de provas do Kartódromo, erros de posicionamento no grid, motor apagado, defeito no kart, falta de lastro, ou qualquer outro fato que possa prejudicá-lo ou beneficiá-lo na prova.

 

5.2 - O diretor de provas do Kartodromo será soberano para tomar as medidas que julgar necessárias durante as corridas. Nenhum piloto nem a organização do campeonato poderá interferir em suas decisões.

 

Artigo 6 – PESAGEM, SORTEIO E TROCA DOS KARTS

 

6.1 – A pesagem dos pilotos e o sorteio dos karts serão realizados durante o briefing. Os pilotos deverão comparecer ao briefing com o mínimo de 30 minutos de antecedência a prova. A pesagem do piloto é obrigatória.

 6.2 – A cada prova haverá um tempo de aproximadamente 5 minutos iniciais para aquecimento, treino ou qualify e eventual troca do Kart. Em caso de troca, o piloto será obrigado a utilizar um novo kart sorteado pela organização. O piloto não poderá escolher aleatoriamente um kart disponível para a troca.

 

6.3 – A troca do kart só poderá ocorrer após a entrada na pista, sendo permitida nos minutos iniciais ou durante a prova, sem limite de quantidade de troca.

Caso o kart apresente qualquer problema que o impossibilite de entrar na pista, neste caso será permitida a troca por outro kart sorteado pela organização antes da entrada na pista.

 

6.3 – A solicitação e conferência do lastro nos karts trocados é de inteira e total responsabilidade do piloto. Nas trocas de kart os pilotos devem solicitar os lastros a organização do kartódromo. A falta de lastro será sujeita a penalizações (Vide Artigo 4)

 

Artigo 7 – GRID DE LARGADA

 

7.1 - A largada se dará em fila indiana, com a ultrapassagem permitida somente após a passagem pelo ponto identificado na pista através de cones.

 

7.2 - Para as etapas de Endurance, a largada se dará no estilo “Le Mans”.

 

7.3 - A organização poderá alterar o formato da largada em função de transmissão da corrida ou qualquer outro fator aleatório que dificulte ou impossibilite a largada nos formatos citados nos itens 7.1 e 7.2.

 

7.4 - Na primeira Prova de cada temporada o grid será formado através de qualify. A partir da segunda prova, o grid será montado em 4 blocos na seguinte sequência:

 

1º Bloco - Ordem inversa à chegada na prova anterior para os pilotos que não tenham cometido irregularidade disciplinar na referida prova.

 

2º Bloco - Ordem inversa à chegada na prova anterior para os pilotos que tenham cometido irregularidade disciplinar (ADV) e irregularidade administrativa (IRAD) na referida prova.

 

3º Bloco - Ordem inversa à posição do piloto no campeonato para os pilotos que por qualquer motivo não tenham participado da prova anterior.

 

4º Bloco – Pilotos convidados.

 

Obs: Para as etapas de Endurance, o grid será formado através de Qualify. Para a etapa posterior ao Endurance na mesma temporada, será considerado o grid invertido em função da etapa anterior ao Endurance.

Artigo 8 – REGISTROS DE IRREGULARIDADES E PUNIÇÕES

 

8.1 - Toda e qualquer punição aplicada pelo diretor de provas do kartódromo durante ou logo após as corridas e especificado no relatório oficial serão mantidos. A organização do campeonato não poderá retirar punições registradas no relatório oficial do kartódromo. Caso o piloto não concorde com a punição aplicada, o mesmo deverá contestar com a direção de provas do kartódromo no dia da corrida.

 

8.2 - A organização do campeonato poderá aplicar punições aos pilotos após as corridas, caso a COMISSÃO DISCIPLINAR (Vide Artigo 22) entenda ser necessário. Qualquer piloto pode acionar a COMISSÃO DISCIPLINAR para contestar qualquer possível  atitude ou postura anti desportiva de outro piloto, apresentando evidencias ou registros de imagens que permitam analisar o caso.

A COMISSÃO DISCIPLINAR não poderá retirar as advertências registradas pela direção de prova do kartódromo.

  

Artigo 9 – IRREGULARIDADE ADMINISTRATIVA (IRAD)

 

 9.1 - O pagamento da taxa de inscrição será solicitado até a data da segunda corrida da Temporada. O não pagamento sem a devida comunicação implicará em Irregularidade Administrativa (IRAD).

 

9.2 - O piloto com o registro de irregularidade administrativa (IRAD) será punido em 03 posições ao final da prova. Ex: Se o piloto chegar em 1º lugar, sua posição de chegada será considerada como 4º lugar e receberá a pontuação dessa posição. 

 

9.3 – Nos grids invertidos os pilotos com IRADs registrados na corrida anterior farão a largada no segundo pelotão (Vide Artigo 7).

 

9.4 - O acumulo de 02 IRADs eliminam o piloto do campeonato.

 

Artigo 10 – PENALIZAÇÃO EM 10 SEGUNDOS

 

O Piloto que receber irregularidade disciplinar (ADV) durante a corrida pela direção de prova do kartódromo será penalizado na corrida em 10 segundos a cada evento.

Artigo 11 – PENALIZACÃO EM PONTOS

 

Além da penalização aplicada pela direção de prova, o piloto receberá penalização de 10 pontos na primeira ocorrência, 20 na segunda, e 40 pontos a cada ocorrência a partir da terceira irregularidade disciplinar da temporada.

Nas Etapas seguintes com grid invertido, os pilotos com registro de ADV da etapa anterior farão a largada no segundo pelotão (Vide Artigo 7).

 

Nota: Caso a penalização em pontos seja superior aos pontos conquistados pelo piloto, a pontuação será igual a zero e não ficará negativa.

Artigo 12 – DESCLASSIFICAÇÃO DA CORRIDA

         

Será desclassificado da corrida:

 

O piloto que não utilizar o Kart sorteado pela organização;

O piloto que efetuar qualquer alteração no kart que não seja regulagem da posição de banco;

O piloto que correr com lastro abaixo de 90 kgs;

O piloto que utilizar qualquer tipo de aparelho comunicador eletrônico durante a prova.

Qualquer piloto por determinação do diretor de provas do kartódromo.

 

Artigo 13 – ELIMINAÇÃO DO CAMPEONATO

 

Será Eliminado do Campeonato:

 

O piloto que faltar em 03 (três) das seis provas da temporada, sem comprovar motivo de saúde;

 

O piloto que acumular 02 (duas) irregularidades administrativas durante a temporada;

 

O piloto que cometer atitude anti desportiva e a COMISSÃO DISCIPLINAR entender que o mesmo deverá ser punido com eliminação.

Artigo 14 - PONTUAÇÃO         

 

14.1 – Tabela de pontuação:

 

1°        80 pontos                   18°       34 pontos

2°        72 pontos                   19°       32 pontos       

3°        66 pontos                   20°       30 pontos

4°        62 pontos                   21°       28 pontos       

5°         60 pontos                   22°       26 pontos

6°         58 pontos                   23°       24 pontos                  

7°         56 pontos                   24°       22 pontos                  

8°         54 pontos                   25°       20 pontos                  

9°         52 pontos                   26°       18 pontos   

10°       50 pontos                   27°       16 pontos

11°       48 pontos                   28°       14 pontos

12°       46 pontos                   29°       12 pontos

13°       44 pontos                   30°       10 pontos

14°       42 pontos                   31°       08 pontos

15°       40 pontos                   32º       06 pontos

16°       38 pontos                   33º       04 pontos

17º      36 pontos                   34º        02 pontos

 

14.2 - O piloto que fizer a melhor volta da corrida será bonificado com 5 pontos.

 

14.2 - O piloto que participar de todas as etapas será bonificado com 06 pontos ao final da temporada.

 

Artigo 15 – Descarte

 

Não haverá descarte de resultados

 

 

Artigo 16 – Critérios de desempate:

 

1.    Maior número de vitórias;

2.    Maior número de segundos lugares;

3.    Maior número de terceiros lugares;

4.    Maior número de “melhor volta”;

5.    Sorteio.

 

Artigo 17 – Premiação

 

Serão premiados com troféus ao final de cada temporada os 12 primeiros pilotos, denominando os 06 primeiros como grupo 1 e os outros 6 seguintes  como grupo 2. Nas Estapas de Endurance, serão premiados com troféus as 03 primeiros colocados (duplas), com um troféu para cada piloto.

 

Artigo 18 – Troca de Categoria

 

18.1 – Caso o numero de participantes aumente e seja necessário aumentar a quantidade de baterias, o campeonato será dividido por grupos. Neste caso, ao final de cada temporada os 06 melhores pilotos subirão para o grupo imediatamente acima, bem como os 06 últimos cairão para o grupo imediatamente abaixo.  

 

Artigo 19 – Leilão de Vagas

 

Considerando o campeonato com dois ou mais grupos, caso algum piloto do grupo imediatamente acima desista, a vaga será oferecida aos pilotos do grupo imediatamente abaixo, com preferência da vaga ao piloto melhor pontuado, com um ônus de perder 1/3 da pontuação e largar no terceiro pelotão na corrida seguinte.

O prazo para resposta dos pilotos interessados é de até 03 dias corridos à partir da data da oferta.

Artigo 20 – DISPOSIÇÕES GERAIS

 

20.1 - Caso o relatório da corrida seja emitido com erros, somente o diretor de provas, mediante anotação e assinatura poderá mudar os resultados, de tal forma que, se isso não ocorrer por qualquer que seja o motivo, a organização usará o relatório da corrida como resultado oficial, mesmo que esteja incorreto.

 

20.2 - Referente aos relatórios de controle de pesagem (organização campeonato), é de total responsabilidade do piloto a devida conferência no ato do registro. Qualquer tipo de erro de anotação dos pesos, se constatado, o piloto deverá solicitar imediatamente a devida correção para que a mesma seja efetuada. Os relatórios são registros oficiais e não serão alterados após o término das corridas.

 

20.3 - O piloto que cometer suposta atitude antidesportiva poderá ser punido com advertência verbal, ADV (perda de pontos), suspensão temporária ou eliminação do campeonato. Qualquer participante do campeonato poderá contestar a atitude de outro piloto junto a COMISSÃO DISCIPLINAR que avaliará o caso e tomará a decisão.

Sendo eliminado, o piloto só poderá voltar ao campeonato na temporada seguinte através de nova inscrição e (eventual) permanência na lista de espera.

 

20.4 - A organização poderá a seu critério, solicitar a pesagem de um ou mais pilotos após a corrida e conferir a correta utilização do lastro. Havendo irregularidade, o piloto será submetido a punição (Vide Artigo 4).

 

Artigo 21 – PROCEDIMENTO E CONDUTA DOS PILOTOS NOS DIAS DE CORRIDA

21.1 – O dia e horário de cada corrida será previamente informado no site da equipe (http://kartarugasraceteam.wixsite.com/kart-pt). O horário informado será o de início da prova junto ao kartódromo.

 

21.2 – No dia da corrida, os pilotos deverão se apresentar no kartódromo com 1 (uma) hora de antecedência e realizar o seguinte procedimento:

 

1º) Se apresentar na recepção do kartódromo, realizar o seu cadastro/check-in e assinar a documentação solicitada pelo Kartódromo;

 

2º) Após essa etapa, retirar os equipamentos (caso não tenha equipamento próprio), se dirigir ao vestiário e vestir todo o equipamento;

 

3º) Com todos equipamentos, o piloto deverá se dirigir a sala de briefing no horário solicitado, o que geralmente ocorre com 30 minutos de antecedência a corrida.

 

Obs: O Briefing é um dos momentos mais importantes da corrida, onde são passadas as dicas, novidades, informações sobre a corrida, esclarecimento de dúvidas e informações gerais sobre o campeonato e a equipe, por isso é de fundamental importância a presença de todos no horário informado.

 

21.3 – Pontualidade: A ausência do piloto no início do briefing, estará sujeito a punição da largada dos boxes.

 

21.4 – Não é permitido ingerir bebidas alcoólicas antes das corridas. Os pilotos sob efeito de álcool serão impedidos de participar das provas.

 

 Artigo 22 – COMISSÃO DISCIPLINAR

22.1 – Será nomeada uma Comissão Disciplinar a cada temporada.

 

22.2 - A Comissão Disciplinar terá a função de avaliar os incidentes na pista e atitudes consideradas como anti desportivas, contestadas por outros pilotos, e avaliar situações não previstas neste regulamento. Nos casos de atitudes anti desportivas, a  Comissão poderá utilizar recursos de filmagens e depoimentos de outros pilotos para a tomada de decisões que podem ser: Advertência verbal, ADV (perda de pontos), suspensão temporária ou eliminação do campeonato.

 

22.3 - A Comissão Disciplinar será formada por 03 pilotos (inscritos no campeonato) eleitos pelos demais pilotos.

  A Organização do Campeonato executará a função de mediador, para analisar e comentar. As decisões da Comissão devem ir de encontro com o regulamento do Campeonato. 

    

A Organização não participará na decisão da Comissão, somente nos casos previstos no artigo 22.4 deste regulamento.

 

22.4 – Caso os membros da Comissão Disciplinar estejam envolvidos nos incidentes, sejam como reclamantes ou reclamados, os mesmos não poderão participar das decisões. Neste caso os membros da Comissão envolvidos serão substituídos pelos mediadores.

 

22.5 – Situações não previstas neste regulamento ficarão a critério da Organização a tomada de decisão da forma que melhor entender.

 

22.6 - Os membros da Comissão não poderão continuar na função ou se candidatar para a temporada seguinte. A cada temporada serão eleitos novos representantes da Comissão.

 

22.7 - O intuito da comissão é de orientação e auxílio aos envolvidos, mas, para os casos extremos considerados de má conduta, a Comissão poderá penalizar dentro dos termos previstos neste regulamento da forma que melhor entender os envolvidos nos incidentes.